O PIS Cofins são duas importantes arrecadações e assistências governamentais que asseguram os direitos dos trabalhadores a médio e longo prazo. Em algum momento você se perguntou de onde surgiu o dinheiro que financia os programas federais que beneficiam milhares de pessoas?

Se eles são o resultado de uma espécie de arrecadação, como a mesma é realizada? A partir de que órgão ou instituição é possível? Então se você tinha essa curiosidade ou duvida sobre a origem dessas duas importantes arrecadações terá todos os esclarecimentos ao longo dos próximos parágrafos. Confira!

pis cofins

PIS COFINS – Confira mais sobre essas tributações

PIS: Como é feito a arrecadação?

O PIS (Programa de Integração Social) é um dos benefícios trabalhistas que, junto com o FGTS e o Seguro Desemprego, garante maior segurança ao seu beneficiário. A arrecadação é feita por meio de uma contribuição que a empresa empregadora faz para assegurar os direitos a curto e médio prazo, e os valores arrecadados servem para financiar o pagamento do PIS aos trabalhadores, e o PASEP aos servidores.

Para se fazer qualquer arrecadação é necessário realizar um cálculo, o qual é feito junto ao do COFINS, pois ambos possuem a mesma base de cálculo e regras de contribuição, sendo que a alíquota de incidência sobre os dois pode variar.

Deste modo, a alíquota do PIS é 0,65% sobre o faturamento ou a renda bruta mensal da empresa em que o funcionário registrado atua. Agora, se ela participa do Simples Nacional ou mesmo do Supersimples, essa mesma alíquota já está inclusa na taxa estabelecida.

COFINS: O que é e como funciona?

Se o PIS é uma arrecadação para assegurar os direitos do trabalhador a curto e médio prazo, o COFINS é uma contribuição que tem como objetivo beneficiar a longo prazo como, por exemplo, a previdência social.

Semelhante ao PIS, o COFINS (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) é calculado sobre o rendimento bruto da empresa, cuja alíquota de pagamento é de 3%, a qual é cumulativa ao valor do PIS.

Por regra, a contribuição deve ser realizada, pelas empresas sediadas no Brasil, todos os meses. Porem aquelas que participam do SIMPLES tem a taxa já incluída para facilitar e, ao mesmo tempo, diminuir a burocracia que é uma verdadeira vilã para as pequenas empresas.

Resumo sobre o PIS Cofins

O PIS COFINS são contribuições sociais de esfera federal que servem de base para o custeio de benefícios como o seguro-desemprego e o abono aos trabalhadores que recebem, no máximo, até 2 salários mínimos por mês e também ao financiamento da seguridade social em um sentido mais amplo, ou seja, a aposentadoria.

Esta arrecadação é feita pelas empresas independentes do setor que atuam ou como são classificadas pelos órgãos contábeis e administrativos. Desta forma, toda empregadora deve arcar com essa responsabilidade e o trabalhador poderá trabalhar com mais segurança e tranquilidade uma vez que, mesmo que venha a perder o seu emprego, não ficará desamparado, exceto se não cumprir com os requisitos dos programas disponíveis.

Por outro lado, além de assegurar os direitos, a arrecadação do PIS e COFINS, assim como das demais tributações que fomentam programas e benefícios sociais, é um estimulo ao trabalho, o qual é essencialmente importante tanto para o crescimento do profissional quanto do mercado de trabalho. Concorda? Então dê a sua curtida no botão logo abaixo.

Este Artigo Foi Útil? Então Avalie: ⤵

1 Estrela2 Estelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...