O Governo Federal dispõe de diversos programas sociais com direcionamento para família em estado de extrema pobreza. Um dos que mais fazem sucesso é o Bolsa Família 2018. Trata-se de um programa de benefício social que tem surtido muito efeito e tirado milhões de famílias da pobreza. Alvo de muitas famílias, o Bolsa Família está garantido para o ano de 2018. Quer conhecer um pouco mais sobre o programa? Leia abaixo!

O que é Bolsa Família 2018?

O bolsa família 2018 é um programa social do Governo Federal. Ele é a unificação de outros programas de transferência de renda, como: Bolsa Escola, Auxílio-Gás, Fome Zero e Bolsa Alimentação. Com esta unificação, o programa passou por uma forte ampliação. Durante esses anos de atuação, o programa já tirou muitas famílias da extrema pobreza. O bolsa família tem como intuito trazer a melhoria da saúde das crianças, mães que estão amamentando, mulheres grávidas e uma melhoria na saúde das crianças.

Bolsa Família 2018 - Confira o valor do beneficio e as datas de pagamento

Bolsa Família 2018 – Confira o valor do beneficio e as datas de pagamento

Atenção: Vale lembrar aos beneficiários do Programa, que o benefício NÃO teve reajuste de valor em relação ao ano anterior. O Governo Federal anunciou que o valor do Bolsa Família não teve reajuste como se esperava, nem mesmo acompanhando a alta do Salário Mínimo desse ano, que serviu de parâmetro para o aumento de outros benefícios, como abono salarial do PIS, e o Seguro Desemprego.

Quem tem direito ao Bolsa Família 2018?

As regras dos anos anteriores são válidas para este ano de 2018. Portanto, o bolsa família tem objetivo de atender família pobres ou extremamente pobres. Estes são os dois únicos familiares que podem ingressar neste programa do Governo Federal.

  • Veja também: Confira as datas de pagamento do Abono Salarial pelo Calendário PIS 2017 e não perca o seu benefício.

Para ser considerado extremamente pobre é necessário que tenha uma renda mensal de, no máximo, R$ 77. Já para se encaixar na categoria pobre é preciso que tenha uma renda mensal de até R$ 154,00.

Quais são os valores do Benefício?

A situação da família é quem definirá os valores do Bolsa Família 2018. Não está entendendo? Veja as explicações abaixo!

  • Benefício básico: este tipo de benefício é enquadrado em família em situação de pobreza ou extrema pobreza (renda mensal de R$77,00). O valor do auxílio definido é de R$ 77 mensais.
  • Benefício variável: neste caso se encaixam as famílias que possuam mulheres grávidas, mães em fase de amamentação e crianças e adolescente entre 0 e 16 anos de idade. No caso, o valor destinado a cada um é de R$ 35, podendo obter até 5 dele mensalmente, totalizando R$ 175,00.
  • Benefício variável jovem: este benefício está ligado aos adolescentes, indicado a grupos familiares que estão em situação extrema de pobreza, e que contenham em seu grupo familiar adolescentes entre 16 e 17 anos de idade. O valor pago desse benefício é de até 2 benefícios por família.

O beneficiário pode fazer o saque do valor da bolsa em até 90 dias após a data indicada no calendário bolsa família 2017.

Como solicitar o Bolsa Família 2018?

Para solicitar o benefício, o representante da família deve procurar a prefeitura da cidade e fazer a solicitação de ingresso no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Nesta situação, será indispensável a apresentação de todos os documentos pessoais (RG, CPF, título de eleitor, comprovante de residência, etc) e de renda de todos os membros da família. Geralmente, o órgão responsável pelo cadastramento de famílias no CADÚNICO é a Secretaria de Assistência Social.

Cadastro Único

O Cadastro Único é um programa que tem como fundamento identificar as famílias em estado de pobreza no Brasil. Esse programa permite que o Governo Federal, Municipal e Estadual conheça a situação de renda de cada beneficiado do programa, reunindo todas as informações sobre os grupos familiares.

Essa identificação ocorre para conferir se todos os beneficiados do CadÚnico estejam participando do programa de forma legal, seguindo todos os critérios exigidos no Programa Bolsa Família, tornando assim, as famílias aptas a receberem o benefício.

Cadastro Único - CADÚNICO

Cadastro Único – CADÚNICO

Quando ocorre a seletiva do programa, se define o máximo de famílias que terão direito a participar do Bolsa Família por município, de acordo com a folha de pagamento.

Devemos lembrar que não há vantagem alguma ao realizar a seleção dos grupos familiares, pois a seleção é feita pelo Governo Federal de maneira automatizada, levando-se em consideração todas as informações existentes no Cadastro Único para a estimativa de famílias pobres existentes em cada município e também para os programas sociais.

Qualquer grupo familiar pode ser incluso no programa, desde que haja renda mínima por pessoa na família de meio salário mínimo. O município pode inscrever em qualquer momento uma nova família no Cadastro Único.

Uma regra do programa é que quando houver alguma mudança na família, os cadastros devem ser atualizados, são as mudanças de:

  • Composição Familiar;
  • Endereço;
  • Escola;
  • Renda.

Calendário Bolsa Família 2018

As datas de depósitos do benefício são organizadas de acordo com número final do NIS presente no cartão físico do programa. Esta foi a forma encontrada pelo Governo de evitar que milhares de pessoas se aglomerassem nas agencias bancarias em apenas um dia.

→ Qual data recebo?

Confira abaixo a calendário bolsa família 2018 divulgada pelo Ministério do Desenvolvimento Social em parceria com a Caixa Econômica Federal. As datas de pagamento ocorrem mensalmente, sempre nos últimos 10 dias úteis de cada mês, e os beneficiários tem até 90 dias para sacar o seu benefício antes dele expirar.

Calendário do Bolsa Família 2018

Calendário do Bolsa Família 2018

Existe uma data correspondente por mês para cada final, isso indica o primeiro o dia em que o grupo familiar poderá realizar o saque do valor do benefício. Lembramos que o valor para saque fica disponível apenas por 90 dias.

Pagamento do Bolsa Família

O cartão cidadão é um cartão de saque, entregue para as famílias que são selecionadas para participar do programa, esse cartão é emitido com o nome do responsável familiar, pela Caixa Econômica Federal e enviado para a sua residência através dos Correios.

Se seu grupo familiar estiver entre um dos beneficiados, você ganhará a ajuda do programa, e receberá um valor proporcional ao perfil da sua família.

Para consultar se o seu grupo familiar foi beneficiado pelo programa Bolsa Família, basta acessar o site: www.beneficiossociais.caixa.gov.br e seguir o passo a passo abaixo:

  • Acesse o site;
  • Escolha entre as opções: consulta benefícios por família, consulta benefícios por município, consulta benefícios por UF.
  • Após escolher a sua opção, basta preencher o formulário com as informações pessoais solicitas.

O banco responsável pelo programa (Caixa Econômica Federal), é encarregado de entregar os cartões, o registro das senhas, pelo o pagamento dos beneficiários e pela a divulgação calendário do bolsa família. O grupo familiar beneficiado pode receber o valor do benefício no seguintes locais:

  • Pequenos estabelecimentos comerciais conveniados a Caixa;
  • Agências da Caixa Econômica Federal;
  • Casas Lotéricas.

É importante destacarmos que o cartão cidadão é de uso único e pessoal, não é permitido que ele seja transferido ou utilizado por outra pessoa, mesmo ela sendo do grupo familiar. A senha utilizada no cartão só deve ser conhecida pelo responsável do próprio cartão e deve ser guardada.

Se houver algum problema em relação ao seu pagamento, a prefeitura de sua cidade deverá ser comunicada. Lembrando que o benefício é sacado sempre me dinheiro, e o grupo familiar beneficiado é quem decide como e onde irá utilizar o dinheiro que lhe é disponibilizado.

Contato

Para que as famílias fiquem informadas sobre o seu benefício, para que possam esclarecer dúvidas com gestores municipais e para que fiquem a parte de todas as informações que são atualizadas, existem alguns meios de comunicação, são eles:

  • Internet: Ao acessar o site do novo calendário bolsa família, você terá informações sobre a Legislação do CadÚnico e do Bolsa Família, Central de Sistemas, Instruções Operacionais, entre outras.
  • Telefone: Ao discar o número 0xx61-3433-1500, você terá atendimento através da Coordenação de Atendimento da Senarc. Nesta ligação, um gestor municipal do programa Bolsa Família irá lhe informar, sendo esse, um atendimento telefônico especializado, feito por técnicos.
  • Caixa: Existem também a opção de atendimento a municípios ou estados, realizada pela a Caixa, pelo o número 0800 726 0104, essse atendimento possui suporte direcionado aos estados e municípios, como citado anteriormente, ele esclarece dúvidas e problemas dectados ao utilizar sistemas operacionais e aplicativos, tais como: Cadastro Único (CadÚnico); Conectividade Social; Sistema de Benefício ao Cidadão (Sibec). Se você deseja realizar a ligação, lembramos que o funcionamento ocorre entre as 7 horas até as 20 horas.

Seja Digital Bolsa Família 2018

Atenção: em 2018, o sinal das televisões analógicas será desligado definitivamente. Mas para não deixar os beneficiários do Bolsa Família na mão, o Governo lançou o programa Seja digital, que distribui gratuitamente kits de TV digital de graça para os beneficiários do Programa com cadastro ativo no programa. Para consultar o saldo do seu benefício, bastas acessar o portal Seja Digital, ou ligar para o telefone 147 e solicitar o seu KIT. Após confirmar seus dados pessoais, basta aguardar o dia da retirada e se dirigir ao ponto de retirada da antena.

Os beneficiários do programa terão direito à antena digital, Conversor digital e ao cabo necessário para fazer a ligação.

Tem alguma dúvida relacionado ao programa? Conte-nos nos comentários abaixo!

 

Este Artigo Foi Útil? Então Avalie: ⤵

1 Estrela2 Estelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...