A aposentadoria por invalidez é um benefício concedido por incapacidade do segurado, que por alguma razão impeça de exercer suas atividades funcionais.

Sendo assim, a incapacidade deve ser total ou parcial, onde o trabalhador não possa mais volta a trabalhar exercendo a sua função.

aposentadoria por invalidez

aposentadoria por invalidez

Quem tem direito?

Tem direito a aposentadoria por invalidez o segurado que atender todos os requisitos de carência mínima, e que tenha se submetido a incapacidade seja ela total ou parcial, sendo assim, o mesmo por conta dessa incapacidade não tem condições de retornar ao mercado de trabalho, a carência mínima é 12 meses de contribuição à Previdência Social.

Requisitos da Aposentadoria por Invalidez

Os requisitos são os seguintes:

  • Carência de no mínimo 12 meses de contribuição;
  • Incapacidade permanente, parcial ou total;
  • Trabalhador segurado pelo o INSS.

Aposentadoria por invalidez 32 e definida

Aposentadoria por invalidez 32 é um código utilizado pela a Previdência Social (INSS), para diferenciar a aposentadoria por invalidez de outros benefícios previdenciários, como por exemplo auxílio maternidade ou auxílio doença.

O benefício da aposentadoria por invalidez é concedido ao trabalhador mesmo que ele esteja recebendo auxílio doença, neste caso é concedido pois não há chance de recolocação no mercado de trabalho, que garanta a sobrevivência do mesmo, este benefício é pago ao contribuinte enquanto o mesmo permanecer nesta condição.

A ideia é que após receber o benefício o trabalhador consiga depois de um tempo se recolocar no mercado de trabalho normalmente, porém durante esse período o INSS acompanha, realizando exames, procedimentos médicos e analisando as chances de uma nova recolocação profissional, após o tratamento.

Pente Fino INSS Aposentadoria por Invalidez

Esse ano o INSS trabalhou de maneira diferente, convocando os beneficiários do INSS afim de realizar pericias para verificar se há de fato a invalidez, o pente fino começou no fim de setembro.

Ao receberem a correspondência de convocação, o seguro tem pelo o prazo de 5 dias úteis para agendar a perícia na Central de atendimento através do número 135.

Mantenha o seu cadastro atualizado e evite dor de cabeça no futuro, essa fase do pente fino é bem curta, e você precisa se organizar para não perder o seu benefício, assim, você afasta qualquer risco de perder o seu benefício, lembramos que é essencial que o banco de dados se encaixe nas informações atualizadas, para não dar divergência no banco de dados do Governo Federal.

A atualização cadastral serve para manter seu banco de dados sempre atualizado, concedendo a aposentadoria somente para as pessoas que fazem jus ao recebimento do benefício.

No dia deve levar todos os documentos pessoais, tais como CPF, nome completo, laudo médico que ateste a sua incapacidade, leve também todas as receitas e medicamentos que você tem em mãos, orienta-se que no dia da perícia seja solicitado um laudo médico atualizado com as informações do seu atual estado de saúde.

Tire cópia de todos os documentos entregues ao INSS, que serão levados no dia da perícia, como o perito retém seus documentos originais, isso pode te deixar em situação difícil depois, em um evento no qual o seu benefício venha ser recusado.

Este Artigo Foi Útil? Então Avalie: ⤵

1 Estrela2 Estelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...